Chapter 2011 – Act 10, Page 07

Devaneios – 2011.10.07

Tudo o que eu mais quero neste momento é um abraço, o abraço que nunca tive, o cafuné que nunca recebi. Tudo o que mais quero é alguém para me apoiar, para me dar sustento, para me fazer forte e me mostrar que posso ser mais que isso, alguém que me ajude, que me aconselhe, que me ame. Cansei de ser forte para tudo aguentar, não tenho mais forças para seguir sozinho.

Mãe, infelizmente, não consigo mais prosseguir. Meu mundo está ruindo, é como se tudo se perdesse no tempo e no espaço, e não consigo mais mudar. Meu coração dói, uma dor nunca antes sentida, minha boca seca, me falta o ar para completar as palavras vazias. Sei que posso ser mais que isso, mas, às vezes, o que mais quero é ouvir isso. Ainda sou humano e tenho necessidades mundanas como o reconhecimento, isso gera minha motivação. Não tenho mais as forças necessárias para seguir com todos os problemas.

Há muito que já não me sinto parte disto, e agora o que mais quero é me desligar. Posso sentir suas energias, posso saber o que você está pensando, posso sentir quando você muda, e sei que você apenas está usando mais uma de suas máscaras. Isso dói profundamente em meu ser, por saber que falhei contigo, que não consegui fazer com que você acordasse para a realidade do mundo cruel e frio em que vivemos.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s