Chapter 2012 – Act 01, Page 09

O sol está em seu ápice, na metade do dia é que desperto e sei que muito mudou em mim. Minha perspectiva se mantém, meus olhos continuam vendo a vida da mesma maneira, e meu ser continua em harmonia com a vida, mas o que mudou foi minha visão sobre a história. Agora eu sei o que realmente aconteceu.

O dia passa lentamente rápido, e sei que nada poderei fazer para mudar. Realmente posso parar e refletir sobre tudo o que aprendi, para que um dia possa ensinar também. Realmente sinto que hoje é um dia atípico. O sono me acomete de uma maneira diferenciada, é como se eu devesse dormir para ver algo, ou simplesmente para não viver algo.

Prefiro fazer do meu hoje algo do qual não irei me arrepender depois, prefiro realmente parar e descansar. Afinal, nenhum esforço terá sido em vão, e não irá voltar, nem mesmo se eu partir. Sei que este ano a mãe irá reclamar para junto dela alguns de meus entes, já vou me preparando para ajudar a iluminar o caminho. Ainda não sei quantos serão, e nem mesmo quais serão.

Sei que os que irão transcender já aprenderam e ensinaram muito por aqui. Com a partida, a saudade não se tardará a vir, mas é assim que tudo flui num eterno ciclo de vida, onde se nasce, vive aprendendo e ensinando e um dia devolve à terra toda a energia emprestada, para junto dos deuses ir se encontrar.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s