Chapter 2013 – Act 06, Page 12

Gostaria de deixar essa página em branco, e apenas refletir sobre os ocorridos, mas o poeta que há em mim insiste em gritar e fazer ecoar sua voz pelo mundo efêmero das letras. Gostaria de poder gostar e de compreender melhor tudo o que tem acontecido, o que vem acontecendo, e o que acontecerá.Sei que o futuro é duvidoso, mas sei que há muita água ainda para rolar. Tomar-ei cuidado pelas ruas escuras, não ei de falar sobre o medo que temos na vida, nem tomar-ei teu nome em meus lábios, para que não sofras por mim, e então serei livre, livre para amar e ser feliz.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s