Chapter 2013 – Act 06, Page 15

Podia recitar inúmeros hinos, da então ‘velha guarda’, que fizeram história e resistiram ao tempo e à ignorância daqueles que se colocaram no nosso poder, hinos como “Afasta de mim esse cálice, de vinho tinto de sangue” e “Que sonha com a volta do irmão do Henfil, com tanta gente que partiu num rabo de foguete. Chora! A nossa Pátria Mãe gentil, choram Marias e Clarisses no solo do Brasil…”, mas de que me adiantaria? Adiantaria da mesma forma que adiantou durante os anos que elas foram tidas como ápice e marco revolucionário. Elas nos alertam e nos avisam sobre o que está acontecendo, e de como devemos agir.

Hoje há gira no centro e estou animado para ir, ainda mais animado para conseguir aprender mais e mais coisas sobre a vida, sobre a minha vida e sobre a nossa vida como sociedade. É engraçado como tudo se encaixa no dia a dia de cada um, um marco revoluciona uma nação e uma nação revoluciona uma mentalidade morta de anos de incompetência e ignorância.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s