Chapter 2013 – Act 07, Page 05

Olho pela janela o que vejo são vultos turvos de pessoas esquecidas, a pobreza que arrebata a mulher desnuda, jagada no canto da calçada implorando uma moeda para seu sustento, ou para o sustento do seu vício. Alma derradeira que desistiu de sonhar e viver, que desistiu de tudo por uma desilusão. Ora, todos vivemos e sentimos desilusões, mas o que a afligiu de tal maneira que ensandeceu sua mente e a tornou fétida e inabitável? Pena e remorço, sei que nada posso fazer para mudar seu passado e nem mesmo posso apagar as feridas que estão fincadas a fundo em sua mente débil, mas sei que posso mudar algo, sei que posso ajudar, sei que também posso ficar ali e contemplar o tempo imbatível que um dia acomete todos nós, sei que posso pedir à Deusa que a leve o mais rápido, para que ela não sofra mais, pois seu tormento está estampado no seus olhos vitrificados pela dor, fome e miséria. Vinde mãe, e a leve consigo, dê-lhe alimento, força e uma nova chance, mas antes, ensine-a o que ela deveria ter aprendido nesta vivência, ela quer mudar e assim espero que ela consiga. Nada mais vaga em minha mente, além da música do Thirty Seconds to Mars, que exprime o que é a Paz Mundial, ou seja, nada!

“I believe in nothing, not the end and not the start

I believe in nothing, not the earth and not the stars

I believe in nothing, not the day and not the dark

I believe in nothing but the beating of our hearts

I believe in nothing 100 suns until we part

I believe in nothing, not in satan, not in god

I believe in nothing, not in peace and not in war

I believe in nothïng but the truth of who we are

This Is War With 100 Suns, by 30 Second to Mars

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s