Pai não é aquele que faz, Pai é aquele que cria

Ontem estava devaneando sobre uma homenagem ao Dia dos Pais, mas não tenho repertório para escrever sobre. Meu pai é tudo aquilo que eu mais odeio em uma pessoa. No começo da semana tive que me desdobrar em milhares para fazer uma comunicação homenageando os pais, mas nunca senti vontade de assim o fazer com o meu, logo não tenho base cultural para isso, e pesquisando muito neste maravilhoso mundo da internet, descobri que um pai deveria ser tudo aquilo que queremos ser quando crescer, o pai deveria nos inspirar confiança e segurança, nos devia inspirar amor e compaixão, valores éticos e morais, valores e apenas valores. Comecei a revirar minhas emoções, minhas lembranças e, me lembrei de uma coisa que sempre disse “pai não é aquele que faz, mas sim aquele que cria”, portanto eu tenho um pai, aliás, tenho um pai e meio. Meu verdadeiro pai é o meu avô, o melhor homem deste mundo, ele sim me inspira confiança, segurança, amor e compaixão, ele sim me ensinou valores morais e éticos, eu sempre me preocupei em ser alguém de quem meu avô sentiria orgulho, meu avô é meu verdadeiro herói. A outra metade corresponde ao meu irmão, e talvez tu me perguntes o porquê ele ser só uma metade, é que ele é meu irmão, o cara que me dava broncas sem sentido, brincava de me deixar roxo tapando minha respiração, o cara com quem eu brincava de lutinha nas horas vagas, o cara que me ensinou a ‘malandragem’ das ruas e como me virar sozinho por esse mundo, um homem que me ensinou o que é sentir orgulho e me fez admirá-lo por aquilo que ele se tornou.

Sim, hoje tenho a quem homenagear, a quem verdadeiramente homenagear, e acho que essa homenagem não deve ficar apenas nesta data comercial que usamos para gerar lucros às empresas. Por mais que eu não fique falando todos os dias o quanto amo as pessoas que tiveram uma importante participação na construção moral do meu ser, eu as amo verdadeiramente. Obrigado vô, obrigado irmão, sem vocês eu não teria sido metade do que me tornei hoje, e acho que vocês tem algo para se orgulhar de mim, cresci forte, trabalho com o que amo, sou feliz do jeito que sou, sustento meus vícios, aprendi a me virar sozinho, emprego todos os dias os conceitos que aprendi com vocês, aprendi que a verdade deve estar acima das coisas, por mais dolorosa que ela possa ser, aprendi que ainda tenho muito a aprender. E, hoje também não posso deixar de homenagear a minha mamãe, ela que sempre esteve ao meu lado em todos os momentos, dos mais difíceis aos mais fáceis. Obrigado por existir mamãe, sem você eu não existira hoje, literalmente.

Advertisements

One thought on “Pai não é aquele que faz, Pai é aquele que cria

  1. Me identifico com o que você escreveu, além de gostar muito.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s