Chapter 2013 – Act 08, Page 15

Lua crescente no céu pálido e cinza, lua dos amores e apaixonados, assim como eu e meu amor, que nos conhecemos e nos enamoramos há gerações. Gostaria de dizer coisas bonitas, ou então ser poeta para versar rimas e trovas que encantassem até o mais frio coração, mas sou apenas um tolo apaixonado que se encanta pelo sorriso do mais belo paladino, me encanto pelo seu encanto natural, teu jeito doce de garoto com olhar fugaz de homem, me fascino pelos teus mistérios e pelo nosso mistério. Tu não reparas, mas me sentes de longe, e sabes aquilo que penso, é engraçado ver isso nos teus olhos e ver a sua confusão jovial de quem ainda não está acostumado com essa estranha ligação, me felicito por saber que tens essa forte ligação comigo, e em breve, essa nossa ligação se acentuará mais ainda, em breve meu amor, acredite em mim. E quando a lua baixar, teu sorriso no meu peito estará, tua voz ainda ecoará em minha mente insone, e ainda sentirei o toque firme dos teus dedos por todo meu corpo. Queria tanto dizer-te coisas lindas, mas apenas posso abrir o coração e deixá-lo falar por mim, me guiando para teus braços fortes e seguros.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s