Chapter 2013 – Act 11, Page 26

Por vezes me pego procurando entender o porque dessa desilusão, e vejo que o real motivo de tudo isso é a comunicação. Cheguei a pensar que meus 9 anos de teatro e meus 2 anos já cursados de Comunicação Social não serviam de nada, mas aí vi que o problema não estava comigo, mas contigo. Por mais que eu explicasse o mesmo ponto de vista por diversas vezes de inúmeras vezes, você compila apenas as palavras que quer ouvir, talvez se fosse eu Gal ou Bethânia, tu prestaria mais atenção nas minhas palavras e realmente compreenderia meu intuito, mas assim não se faz, não é mesmo?

Não vou negar, já estou cansado de tudo isso, cansado de sempre tentar e de ter a “tal da paciência”, de querer te esperar por mais que demore. Me entristece saber que você não vê a profundidade daquilo que sinto, e ainda me cobras amor. Tu me dá espaço para poder te amar? Me instiga a te amar? Não, não é mesmo? Falas sempre de pesos, mas não compreende que os pesos para ti são uns, e para mim são outros, aprendi que gostar é uma forma de amar, e que sentir falta é mais uma expressão de amor. Acho que realmente devo seguir o que o mundo diz, já que hoje você está mais distante que o próprio Sol, mas mesmo assim posso ver o Sol, já não digo o mesmo de ti, mas ei de pensar seriamente no que o mundo diz, quando me questionam se namoro.

Me divirto e entristeço ao mesmo tempo quando tenho que responder que namoro, mas é um pseudo namoro. Um namoro onde não há cumplicidade, intimidade, alegrias partilhadas, namoro esse que tu desconhece minha vida e eu a sua, não sei dos seus gostos e menos ainda dos seus hábitos e manias, e me pergunto se realmente algum dia isso dará certo. No dia 11 de dezembro, teoricamente fará 6 meses que estamos pseudo namorando, tempo esse que não existe, pois faça as contas e me diga quantas vezes realmente estivemos juntos, saímos juntos, ao menos saímos. Já tenho a resposta e como lhe disse, pense melhor sobre tudo isso e conversemos amanhã, agradeço por essa ser uma lua minguante, tempo exato para estabelecermos o fim de algum ciclo, e o fim pode ser de muitas coisas e de muitas formas interpretados, e já que tudo que eu falo você entende apenas o que quer, entenda essa metáfora da maneira que quiser também.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s