Chapter 2014 – Act 01, Page 07

Correr sem parar e sem ter para onde ir, apenas correr e deixar o vento trazer ao rosto todas as sensações que a vida pode ter. Estar vivo é isso? Sim, é sentir a sinergia em tudo, ver que somos apenas parte de todo esse complexo sistema que nos possibilita a vida. Sei que soa redundante muitas coisas, mas a vida é assim, um ciclo, uma eterna redundância de si mesma, com seus altos e baixos e, até mesmo, cenas repetidas.

 

[…]

Reticêcias? Sim, pois a vida é a senhora da continuação de tudo. Isso é apenas o início de algo novo. E, até o final de tudo, tenho certeza de que ela virá e nos confortará.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s