Chapter 2014 – Act 04, Page 28

Trabalha hoje foi como se a vida estivesse voltando ao normal, mas ao normal de quem? Enquanto escrevo sinto o sangue correr gélido em minhas veias do braço esquerdo, o que seria isso? Sinto meus tendões arderem e minhas mãos formigarem, sinto cada batida do meu coração como um martelo em minha mente, meu olhos doem, a música sangra meus ouvidos, e as vozes ainda falam. Silêncio, tudo ficou escuro e meus dedos não para mais de escrever, é o transe, e tudo mudou agora. … Simplesmente voltei após um tempo, e agora acho que vou para lá, e depois volte para cá. Ir, não sei para onde, mas irei.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s