Chapter 2014 – Act 05, Page 30

Eu sei que é amor, mas fico em dúvida se é apenas desejo. Nem tudo na vida é tão simples quanto parece, nem sempre tudo tem as mesmas formas, e nem sempre tudo é o que conhecemos. Hoje me pergunto se tudo é realmente diferente de antes, mesmo após 10 anos passados, ainda vejo com clareza os mesmo erros e defeitos antigos.
Tento procurar por entre as vias, por entre as cidades, entre as pessoas, mas tudo que vejo são ausências. Ausências essas justificadas pela desculpa de tempo, desculpa essa que também uso. Quando penso em mudar algo, começo a reflexão tão intrínseca que me sinto parte motora dessa mudança. Se está árvore que é o conhecimento começar a me doar alguns dos seus frutos, com toda certeza terei mais experiências para mudar isso. Mas do que estou falando?
As vezes nem eu mesmo dou crédito aos meus devaneios. São tantos os pensamentos perdidos em minha mente que se torna difícil decifrar todos e organiza-los. Todos os dias gostaria de não fazer parte desse mundo.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s