Chapter 2014 – Act 06, Page 05

Escreve enquanto almoço, mas hoje a história não será sobre comida, devaneios pessoais ou sociais, será sobre a greve do metrô de São Paulo que me fez andar 9,5 km da estação Jabaquara até a estação Ana Rosa. E não, não estou reclamando disso, eu gosto de andar e passar aquela 1h20 andando me fez bem. Confira o vídeo do início da minha jornada:

(Vídeo)

“Caminhando e cantando, seguindo a canção” como diria o FULANO, mas não foi isso que aconteceu. Minha operadora de telefonia simplesmente resolveu oscilar o sinal e minha internet passou a não mais funcionar. Andei por 1h20min sem conseguir conectar nenhuma música, e é nesse momento que me arrependo de não usar a capacidade máxima dos 32Gb do meu celular, para salvar músicas e filmes.
Tenho que reconhecer que o GPS me ajudou muito nesse percurso, pois quando cheguei na estação Conceição, fiquei na dúvida se seguia em frente ou virava à esquerda nos prédios comerciais de um banco, por sinal, o meu banco. Usei o GPS e o bom senso, era só seguir o fluxo do trânsito caótico. A caminha me serviu de reflexão e também me deu um tempo para praticar algum esporte, estou muito sedentário ultimamente, apenas danço e coreógrafo.

20140605-153646-56206470.jpg

A minha maior alegria foi quando avistei a igreja que fica na região da estação Santa Cruz, isso me fez continuar perseverante na minha caminhada particular. Passei pela igreja, pelo agrupamento do corpo de bombeiros e quase desisti da caminhada para ficar ali, os vendo treinar alguma coisa apenas de shorts e camiseta justa, e também porque havia um rapaz lindo, loiro, forte e de olhos azuis parado próximo ao agrupamento. Fiquei extasiado com as cenas dali, sério, isso até me fez seguir adiante sorrir. Mas, sem que eu soubesse, em breve me bateria desespero.

(Vídeo chegada anã Rosa)

Por instantes senti um misto de desespero, aliado à angústia, fracasso, revolta, pânico e tudo mais que você pode imaginar. Mas, respirei e li novamente o informe e compreendi que o acesso aberto era o do terminal de ônibus, segui pará-la e encontrei uma multidão na espera para conseguir entrar no metrô. Confesso que foi divertido ver essas cenas:

[Vídeo escada]

Agora sim, a saga continua dentro do vagão que por sinal estava bem vazio, comparado ao dia a dia do metrô de SP. Segui sem problemas até a estação república e cheguei vivo na agência, após 3h30min de jornada entre pegar ônibus até o metrô, traçar rota alternativa para chegar de ônibus no terminal Bandeira, desistir dessa rota alternativa e voltar ao metrô, enfim chegar a conclusão de que era melhor seguir andando até a estação Ana Rosa. Mas a pergunta que não quer calar: “como será a volta para casa, já que até o momento o governo não entrou em acordo com o sindicato dos metroviários de SP”.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s